Alta do petróleo impacta preços no Brasil

O preço internacional do barril de petróleo teve um aumento de 20% em setembro após um ataque terrorista à pretoleira Saudi Aramco, que comprometeu a oferta global dos produtos. E isso teve impactos também no Brasil.

Aqui, das 76.65 milhões de toneladas de Granel Líquido movimentadas nos portos em 2019, 46.57 milhões (60.8%) são referentes à movimentação de Petróleo. Os derivados são o quarto tipo de produto mais movimentado.

Ainda: na mesma semana do atendado, a Petrobras – embora tenha evitado repassar oscilações internacionais ao mercado interno – anunciou um aumento de 3,5% na gasolina e 4,2% no diesel.

Os valores dos combustíveis da estatal, aqui no Brasil, são determinados segundo a paridade de importação – cotações internacionais e os custos para importadores. E os reajustes devem ser sentidos nas bombas.

Deixe um comentário